sábado, 23 de abril de 2011

... de barulhos, está cheia a cidade!...


Aguardávamos pelo bonde, o elétrico. A senhorinha impacientava-se com a demora, e resmungava consigo – “se tivesse ido a pé, já estaria em casa!...” Um princípio de chuva – que já passara – a fizera decidir tomar o elétrico. Tive a impressão de ouvi-lo, parecia que se aproximava. Falei-lhe, então, tentando animá-la: – “ouvi um barulho, acho que é dele!” Ela riu-se, deu de ombros e sentenciou: – “... de barulhos, está cheia a cidade!...”. Em seguida tomou o rumo de sua casa, caminhando por antigas calçadas, entre o trânsito intenso de veículos barulhentos. Algum tempo depois, chegou o elétrico, apinhado de passageiros.



4 comentários:

  1. estou a mexer nestas imagens que fiz no elétrico. coincidência não?

    ResponderExcluir
  2. acho que estou precisanso uma descarga elétrica!!! Será?!
    rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir