sexta-feira, 30 de setembro de 2016

OfiCine Dada, no DadaSpring, Cabaret Voltaire, 2016


foto: Alice Fátima Martins

foto: Alice Fátima Martins
foto: Alice Fátima Martins
foto: Alice Fátima Martins

foto: Alice Fátima Martins

O caracol cramunhão questiona o tempo mínimo de orgia informal na lagoa como objeto de socialização.

Filme experimental, cult, pseudointelectual, dadá do primeiro ao último frame, realizado durante a OfiCine Dadá, como parte da programação do DadaSpring. No Cabaret Voltaire, República Federativa do Itatiaia. Perto de Goiânia. Setembro de 2016. 

Ficha Técnica:
CineDaDaístas

Alice Fátima Martins
Ana Flávia Maru
Camila Beatriz
Dionilia Aline de Castro Santos
Gustavo Trindade
Janaína de Oliveira
Marta Aragão
Matheus Pires
Nutyelly Cena
Rafaella Braga
Renato Cirino


Sobre a OfiCineDada

Exercício de apreciação de um cinema desobediente, imperfeito e vibrátil, do início do século XX e das últimas décadas, desencadeando a análise sobre um possível cinema Dada, e sua lógica nas possibilidades contemporâneas de criação. A professora de Artes Visuais Alice Fátima Martins (GO) e o Mestre em Cultura Visual Renato Cirino (GO), ambos do Sistema CooperAÇÃO Amigos do Cinema, te desafiam à investigação.


O filme completo pode ser visto aqui
Ao deguste! 


PS.: Renato, você é o kara!
Allex, você fez falta!






2 comentários:

  1. �������� preso no sistema, tentando realizar microdadaísmos em bsb

    ResponderExcluir